segunda-feira, 3 de abril de 2017

PAIXÃO CIGANA

Quando Nicole Horton regressou a Shermont depois da morte da sua mãe, pensou que o passado estava definitivamente enterrado. Que ninguém recordaria já o escândalo depois do qual se vira obrigada a abandonar a aldeia sete anos antes. Que nunca lhe chamariam, como antes, "a amante do cigano". Mas Nicola enganava-se.
Alguém tinha esperado por ela dia após dia, mês após mês, ano após ano, ansioso por vingança. Alguém que a havia amado loucamente e que se sentira morrer quando ela rompera o pacto de amor eterno que, na juventude, ambos haviam selado ao luar

Nenhum comentário:

Postar um comentário