quinta-feira, 18 de agosto de 2016

PAIXÃO NOS TRÓPICOS

"Minha querida Kate, se não concordar com a minha proposta, as coisas vão ficar muito desagradáveis para você e seu irmão Johnny." Esta era a sentença definitiva que Damon Thorpe, um importante magnata, obrigava a indefesa Kate a aceitar para não ver o seu irmão ir para a prisão, por desfalque na empresa de Damon e também por ela ter recusado as suas carícias.
Kate cede, entregando-lhe o seu destino, e vai viver naquela ilha nos trópicos, ao lado daquele homem: Damon Thorpe, que não sabia que amar é um verbo para ser conjugado e vivido a dois.



Nenhum comentário:

Postar um comentário