sexta-feira, 24 de julho de 2015

TUAREG

O Sahara de 1890.



Quando Beatriz Ayala recobra a consciência, depois de estar prestes a morrer no deserto, tem apenas uma ideia em mente: ir para casa na Espanha, de onde foi brutalmente arrancada para ser vendida como escrava. Nada, nem ninguém irá pará-la. Nem mesmo Tahir Abdul-Azim, poderoso líder Tuareg tão atraente e imponente que a salvou das garras da morte e que despertou nela um desejo impossível de dominar.

Mas ele não parece pensar o mesmo. Tahir vive e faz qualquer sacrifício por seu povo.  Especialmente se o sacrifício incluir a aquisição de uma mulher bonita e voluntariosa, por quem ele se sente irresistivelmente atraído. Consciente de que pertencem a mundos totalmente diferentes, mas disposto a conquistar seu temperamento teimoso para se tornar o mestre de sua paixão, ele a recebe como sua hospede. E assim, se inicia uma aventura em uma área devastada por lutas internas pelo poder e os efeitos devastadores da colonização, onde Beatriz aprendera a superar todos os tipos de perigos, exceto um: resistir ao obscuro feitiço do homem que vai protegê-la com sua própria vida e invadir com força seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário