sábado, 5 de maio de 2012

DESAPARECIDA



Dez anos atrás, a filha de seis anos de Sarah Mason, Lexie, desapareceu durante um passeio pelo parque Beaufort, Carolina do Sul.
Apesar da busca exaustiva a pequena nunca foi encontrada e Sarah finalmente acabou por juntar as peças de sua destroçada vida e seguiu adiante o melhor que pôde. Uma calorosa noite de julho, ao chegar em casa procedente do trabalho, soa o telefone.
Ao levantar o fone ouve uma voz de menina que, aterrorizada, sussurra: "Me ajude, mamãe, vêem e me leve contigo."
A comunicação é cortada, mas não antes que Sarah, espantada, tenha reconhecido à voz de Lexie.
Passaram dez anos desde seu desaparecimento, mas soava exatamente igual a então.
Desesperada, Sarah comprova que nem a polícia, nem o FBI, nem sua família, nem seus amigos podem ajudá–la. Recorre então a Jake Hogan, um detetive que no dia foi atribuído ao caso Lexie.
Jake se mostra cético, mas a atração que sente por Sarah o impulsiona a ajudá–la... Para Christopher, em honra de seu décimo sexto aniversário.
Isto substitui o carro, verdade? Ah, não? Com amor, sempre, mamãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário